Para vender online você precisa conhecer algumas estratégias e dicas sobre como calcular os preços de produtos em lojas virtuais.

É comum pensar que em lojas virtuais, os preços tendem a ser mais baixos do que em lojas físicas. Este pensamento é o que dificulta a sobrevivência de lojistas menores no e-commerce. Mas, na verdade, é necessário definir até que ponto está disposto a baixar o preço para competir com seus concorrentes sem prejudicar a “saúde financeira” de sua empresa e saber exatamente como calcular os preços de produtos em lojas virtuais.

Isso porque trabalhar com os preços lá embaixo não é sempre a melhor saída, pois isso faz com que os consumidores considerem sempre uma margem baixa e associem à sua loja. Quando precisar aumentar o preço para ter lucro, esta ação poderá resultar em um impacto negativo e perder seus clientes. Além disso, nem sempre quem oferece o menor preço vence a disputa pelos consumidores, pois qualidade, atendimento e confiança fazem muita diferença.

Estratégia online

Conheça a sua margem de lucro!

Saber qual é a sua real margem de lucro não é uma tarefa tão simples. É necessário definir todos os custos decorrentes da sua operação, considerando gastos com matéria-prima, impostos, fretes e outros. Outros gastos também deverão ser contabilizados, como despesas fixas com aluguel, funcionários, manutenção de plataforma e despesas variáveis como energia, marketing digital, manutenção de equipamentos, taxas e comissões de venda dos gateways de pagamento, etc.

Com o custo real de seu produto, poderá determinar qual a sua margem de lucro ao subtrair este valor do preço da mercadoria vendida.

Lucre vendendo online

Minha margem de lucro é baixa, e agora?

Se já sabe como calcular os preços de produtos em lojas virtuais e, ainda assim, chegou à conclusão de que está lucrando muito pouco ou que sua margem está inviável, antes de pensar em subir bastante o preço de seu produto é importante considerar suas alternativas.

Avalie o preço de seus concorrentes e se a média dos valores for superior, reajuste de forma que se mantenha competitivo. Caso não seja possível, procure formas de baratear o seu produto sem afetar a qualidade que seus clientes estão habituados.

Busque novos fornecedores ou negocie com as empresas que já está acostumado, pesquise alternativas de matéria-prima que ofereçam as mesmas qualidades com menor custo, aprimore seu processo de produção e até invista em equipamentos, se necessário. Às vezes, a melhor forma de reduzir custos e faturar mais é investir, pois poderá reduzir o desperdício de matéria-prima, otimizar a sua mão-de-obra, reduzir seu tempo de produção e até aumentar a capacidade produtiva de sua empresa.

Aumente seu lucro vendendo online

Defina uma boa estratégia para atrair clientes.

É interessante ter em sua loja um produto “chamariz”, que pode ser vendido até próximo do preço de custo ou uma margem menor de lucro, pois com ele poderá atrair consumidores à sua loja. O desconto é um forte atrativo e, com o cliente em sua loja, fica mais fácil vender outros produtos com maior margem de lucro.

Crie kits de produtos, pois o desconto no valor total contribui não só pelo aumento do ticket médio, mas também facilita a venda de produtos parados no estoque.

Ofereça fretes rápidos ou grátis a partir de um determinado valor. Apesar de parecer contraditório, às vezes gastar mais significa economizar para o seu cliente. Nesse tipo de ação, o seu cliente ganha com o frete grátis e sua loja ganha com mais vendas.

Estratégia de Marketing digital

Utilize ferramentas de precificação.

As ferramentas de precificação, além de auxiliar em como calcular os preços de produtos em lojas virtuais, permitem ter uma melhor visão da concorrência através do recurso de monitoramento. Desta forma, é possível que as oportunidades de vendas sejam aproveitadas com maior agilidade.

Entre os recursos das ferramentas, destacamos ajuste automático de preços conforme a concorrência, identifica ausência de um produto nos concorrentes e ajusta seu preço para aproveitar a oportunidade e automatiza seu processo de gerenciamento da loja.

Ferramentas online

Conte conosco para vender online! Shopim – O Shopping Virtual da Sua Cidade

Sobre o autor

Posts relacionados

Em dois dias de ofertas, a Black Friday 2017 gerou faturamento de R$ 2,1 bilhões para o e-commerce...

Já não é novidade o quanto é importante estar presente no comércio eletrônico, ainda mais...

A Febraban (Federação Brasileira dos Bancos) revelou que até o final de 2017 todos os boletos serão...

Escrever comentário