Mamãe vegetariana

Gestação e vegetarianismo podem ser condições compatíveis. Entre as organizações que avalizam essa relação está a American Dietetic Association, a maior entidade de nutrição do mundo. Segundo a nutricionista Astrid Pfeiffer, autora de “A Cozinha Vegetariana de Astrid Pfeiffer”, por ser pobre em colesterol, a dieta vegetariana está ligada a um menor risco de doenças, tais como as cardiovasculares, o diabetes do tipo 2 e a hipertensão. Entretanto, as mamães vegetarianas devem ficar atentas, pois os nutrientes encontrados nos alimentos de origem animal devem ser repostos e a orientação profissional pode ser necessária para evitar danos. Fique de olho em nutrientes essenciais.

Família vegetariana

Ácido fólico

Essa vitamina, essencial para a formação do sistema neurológico do bebê, aparece, em geral, em nível elevado no organismo das vegetarianas, pois elas consomem muitas folhas verdes, fonte natural desse elemento. Vale lembrar, porém, que a suplementação do ácido fólico é recomendada a todas as grávidas.

Folhas verdes gestante

Vitamina B12

A vitamina B12 é essencial para a formação dos glóbulos vermelhos e o funcionamento do sistema neurológico e não é encontrada em vegetais. Fora da gestação, seus níveis podem se manter bons, especialmente se a mulher consome ovos e laticínios, mas durante a gravidez a suplementação é quase sempre recomendada, com indicação do médico ou nutricionista.

Ovos e leite grávida

Zinco

Atua na produção de hormônios, no metabolismo, no sistema imunológico e protege os bebês de diarreias graves nos primeiros 12 meses de vida. Entre as fontes de zinco estão os ovos, sementes de abóbora e gergelim.

'sementes para grávida

Cálcio

Regula a coagulação sanguínea, o fluxo de nutrientes para o feto e também reduz o risco de pré-eclâmpsia (caracterizada pelo aumento da pressão arterial e liberação de proteínas na urina). Apostem em gergelim, brócolis, couve, leite de soja, grãos e folhas escuras.

brócolis grávida

Ferro

Sua carência pode levar ao parto prematuro e afetar a oxigenação e nutrição do feto. As grávidas devem suplementá-lo. Boas fontes desse elemento para as mamães que não comem carne vermelha são: vegetais de folhas escuras, feijão, ervilha, lentilha e grão-de-bico.

sementes para grávida

Proteínas

Elas são essenciais para a formação do bebê! Os aminoácidos que compõem as proteínas funcionam como “tijolinhos” nas inúmeras células que estão em desenvolvimento. Para as veganas, leguminosas como feijão são boas fontes de proteínas, além da soja e seus derivados, como o tofu. As vegetarianas também podem se beneficiar dos laticínios.

tofu gestação

Autor: Renata Marcondes de Paula

 

Mamãe, vai ter bebê?

Compre em nossa loja online – Mãe Coruja Moda Gestante.

maecorujamodagestante

Mora em São José do Rio Preto?

Visite-nos na loja Rua Saldanha Marinho, 3543 – Vila Aurora

Mãe Coruja Moda Gestante

Posts relacionados

No Brasil, estima-se que um em cada seis casais precise de ajuda médica para ter filhos. Conheça as...

Ser mãe após os 30 ou 40 anos já é uma forte realidade no Brasil. E vários fatores contribuem para...

Responda as perguntas abaixo com SIM ou NÃO e veja como o trabalho está afetando a sua vida. Você...

Escrever comentário